sexta-feira, 26 de novembro de 2010



Como traduzir o silêncio do encontro real entre nós dois? Dificílimo contar.
Olhei pra você fixamente por instantes. Tais momentos são meu segredo.
Houve o que se chama de comunhão perfeita.
Eu chamo isto de estado agudo de felicidade.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

(...) é bom ter um corpo pra rir e sacudir a cabeça.
A vida é mais tempo alegre do que triste.
Melhor é ser...
Adélia Prado

sábado, 6 de novembro de 2010

Jura Secreta

Só uma coisa me entristece
O beijo de amor que não roubei
A jura secreta que não fiz
A briga de amor que eu não causei
Nada do que posso me alucina
Tanto quanto o que não fiz
Nada do que eu quero me suprime
Do que por não saber ainda não quis
Só uma palavra me devora
Aquela que meu coração não diz
Só o que me cega, o que me faz infeliz
É o brilho do olhar que eu não sofri

Finalzinho de semana é sempre bom, saidinha pra ouvir uma musiquinha e namorar. Ontem saí com meu super amor e ouvi essa música que eu amo, tem letra e música assinada pela Sueli Costa e Abel Silva e que interpretada pelo meu conterrâneo Fagner é o que há! Passei aqui só pra compartilhar com vocês! Não coloquei o vídeo porque o único que encontrei achei tão sem graça! ;) Mas garanto para vocês, com todo respeito a todos os intérpretes dessa música, nenhum faz o que o Fagner faz!
Um super beijo pra vocês e um excelente final de semana!